Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player
 » CRESCIMENTO DO MERCADO B2B GERA OPORTUNIDADES PARA EMPRESAS ESPECIALIZADAS EM PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DURANTE CRISE.
    12-07-2016
esde que a crise econômica se tornou uma realidade mundial, o Brasil tem enfrentado dificuldades para manter o crescimento do mercado interno. Consequentemente, o setor privado sentiu - e ainda sente - os impactos de tal cenário. Empresas buscam se sustentar em meio a oscilações na economia e cada vez mais necessitam de organização para garantir o funcionamento de seus processos. Por "organização" se entende a capacidade de gestão. Mesmo com todas as adversidades, não há como negar a existência de boas oportunidades para quem sabe aproveitar momentos críticos como chance de inovação. Principalmente quando se trata de empresários com veia empreendedora e experiência o bastante para auxiliar outras empresas. O modelo B2B (Business to Business) é exemplo de perspectiva positiva para os próximos anos e abre, por assim dizer, caminhos alternativos à crise.

DINO































DINO


Crescimento do mercado B2B gera oportunidades para empresas especializadas em prestação de serviço durante crise





11 jul 2016
18h05





0
comentários


Desde que a crise econômica se tornou uma realidade mundial, o Brasil tem enfrentado dificuldades para manter o crescimento do mercado interno. Consequentemente, o setor privado sentiu - e ainda sente - os impactos de tal cenário. Empresas buscam se sustentar em meio a oscilações na economia e cada vez mais necessitam de organização para garantir o funcionamento de seus processos. Por "organização" se entende a capacidade de gestão. Mesmo com todas as adversidades, não há como negar a existência de boas oportunidades para quem sabe aproveitar momentos críticos como chance de inovação. Principalmente quando se trata de empresários com veia empreendedora e experiência o bastante para auxiliar outras empresas. O modelo B2B (Business to Business) é exemplo de perspectiva positiva para os próximos anos e abre, por assim dizer, caminhos alternativos à crise.



Foto: DINO
Também conhecido por modelo "de empresa para empresa", consiste nas relações comerciais entre negócios e que atualmente tem maior funcionalidade via internet - uma vez que evita transações comerciais físicas, minimizando, assim, problemas como limitação geográfica, limitação de reposição de estoque, alto custo de comissões e representação, facilitando os processos de compra, venda, auditoria, etc. De acordo com um levantamento feito pela Frost & Sullivan , grupo que realiza pesquisas globais voltadas para o meio empresarial, até 2020 o modelo B2B online alcançará os $6, 7 trilhões de dólares e, numa estimativa mais específica, manterá o crescimento acima dos 7% ao ano. Estes dados revelam não só a importância de se informar sobre este tipo de operação, mas também utilizá-lo no próprio dia a dia da empresa, facilitando todos os trâmites processuais indispensáveis para a sobrevivência do negócio.
Em solo nacional, o caminho rumo às negociações entre empresas é promissor. "Para a realidade do Brasil, este modelo faz todo sentido em termos de escalabilidade, sustentabilidade, previsibilidade e solidez. Vale considerar, afinal que é possível fazer um negócio inovador e até disruptivo com mais possibilidades de crescer quando ele está inserido no mercado corporativo ou B2B, as chances são bem positivas", afirma Mario Flávio, CEO da Audtax, empresa que, inclusive, trabalha com modelo B2B e presta serviço de auditoria em pagamentos digitais. Trata-se de trabalho colaborativo, de quem entende de negócios, para quem faz negócios.
 
 
Empresas Anunciantes
1999-2009 perfilprofissional.com.br Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Criação de Sites Mixd Internet